---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Características físicas

Publicado em 15/05/2014 às 13:13

Área total: Possui uma extensão territorial de 286 Km2, segundo dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de 2005. 

Divisões Internas: O município possui 26 comunidades interioranas. 

Altitude: A máxima é de 544 metros acima do nível do mar, porém possuindo em determinadas localidades alturas de até 150 metros de altitude. 

Solo: Tipo basáltico argiloso. 

Clima: Subtropical úmido.

Temperatura: Podem variar de – 0ºC a 40ºC, com uma média anual de 25ºC. 

Pluviometria: O índice de precipitação pluviométrica média anual é de 1.810 mm. 

Vegetação: A vegetação existente é constituída predominantemente de mata atlântica, com destaque ao reflorestamento nos últimos anos.  

Hidrografia: A hidrografia compreende a bacia dos Rios Uruguai, Macaco Branco, Peperí-Guaçu, Dourado e Fortaleza.

BREVE HISTÓRICO

Itapiranga faz parte do Arco Sul que compreende a Faixa de Fronteira dos Estados do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, correspondente à área mais meridional do país. Embora com importantes diferenciações intra-regionais, trata-se do espaço com a mais intensa influência do legado socioeconômico e cultural europeu ao longo da Faixa, e aquele mais intensamente afetado pela dinâmica trans fronteiriça decorrente do projeto de integração econômica promovida pelo MERCOSUL. Seu território fica mais precisamente, nos Vales Coloniais Sulinos, no Extremo Oeste de Santa Catarina, com 286 Km² de área, ás margens do Rio Uruguai. Itapiranga, também chamada “Berço nacional da Oktoberfest”tem 15.238 habitantes e o IDH é de 0,832 conforme o senso do IBGE DE 2007.  O município está dividido em 27 comunidades interioranas, 06 bairros além do centro da cidade, com 7.969 propriedades na área rural e 7.269 na área urbana. O município de Itapiranga tem sua economia baseada na produção agropecuária, tendo a avicultura, suinocultura, pecuária leiteira e no cultivo de fumo, milho e feijão como as suas principais atividades desenvolvidas e a aqüicultura e apicultura são atividades que agregam valor a renda das famílias. Grande parte da produção é advinda de pequenas propriedades, denominadas agricultura familiar. A base de geração de emprego e renda está na indústria de transformação que compreende a agroindústria, abatedouros e derivados, indústria de móveis, estofados e marcenaria. Itapiranga conta com 830 estabelecimentos comerciais, incluindo indústria, comércio e profissionais autônomos. A produção industrial através da SEARA/CARGILL, empresa de grande porte instalada em nosso município. A SEARA possui 3.500 (três mil e quinhentos) funcionários diretos, com o abate de 170 mil aves por dia, sua produção é destinada ao mercado externo. A MABELLA industrializa carne de suíno também atua junto ao mercado externo, possuindo em torno de 1.000 (mil) funcionários. Estas empresas constituem-se na principal fonte de empregos formais no município, empregando também mão de obra de municípios circunvizinhos.

O município está dotado com seis estações de tratamento de água mantidos pela Prefeitura Municipal. Todo o tratamento tem acompanhamento técnico, para que a qualidade de água fornecida a população seja a melhor possível. Podemos afirmar que na sede municipal as ligações de água atingem 100% (cem por cento) das famílias e na zona rural o abastecimento de água tratada atinge um percentual de 67% (sessenta por cento) da população. O sistema de coleta do lixo é realizado por empresa terceirizada, que dispõe de uma equipe especializada para tal finalidade. Diariamente este trabalho é realizado a partir das 18 (dezoito) horas, coletando em media a quantidade de 5.000kg (cinco mil quilos) de lixo por dia, cujo destino é a Usina de Reciclagem de Lixo, onde os materiais são reciclados, aproveitando para a venda os comercializáveis e o restante depositado em aterro sanitário devidamente licenciado, de propriedade da empresa que efetua a recolha é devidamente licenciada. As culturas anuais são: milho com (1.300 ha cultivados), fumo (680 ha), soja (240 ha), feijão (180 ha)  trigo (100 ha) e a mandioca (600 ha). A cana de açúcar e a laranja são culturas permanentes com 11.770 ha de área cultivada. As atividades pecuárias são bovinos de leite em 1.056 propriedades, com 15.881 cabeças, 13.000 matrizes com rebanho total de 2.8881 cabeças; bovinos de corte em 25 propriedades, com 2.500 cabeças, 1.000 matrizes, com rebanho total de 3.500 cabeças; suinocultura com 1212/209*propriedades, com 159. 411 cabeças, 16.176 matrizes, com um rebanho total de 175.587 cabeças; a avicultura com 1148/93* propriedades, com 3.067.619 cabeças, total de 3.067.619 cabeças em produção. Os produtores representados através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento do Interior, Agricultura e Meio Ambiente estão organizados pelo CMDR - Conselho Municipal do Desenvolvimento Rural, pelo CCM - Comissão de Coordenação do Projeto Micro bacias, pela COMUSA - Comissão Municipal da Saúde Agropecuária, AFAFI – Associação dos Feirantes da Agricultura Familiar de Itapiranga pela APITA – Associação dos Apicultores de Itapiranga, pela   AQUITA – Associação dos Produtores de Peixe, pelo STR - Sindicato dos Trabalhadores Rurais, SPR - Sindicato dos Produtores rurais, pela EPAGRI - Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, pela CAMITA – Central das Associações das Micro bacias de Itapiranga e por diversos programas em parceria com a Secretaria de Transporte s obras.
Os equipamentos comunitários e serviços públicos disponíveis são: escolas municipais e/ou estaduais, creches, postos de saúde, igrejas, salão de festas, quadras esportivas e áreas de lazer comunitárias. Nas áreas circunvizinhas, podemos encontrar ainda o Hospital, o Museu, a Biblioteca Pública, os Sindicatos, o Corpo de Bombeiro, a Policia Civil, a Policia Militar, o Kolping, Associações como a AABB, AFCAI e Associações de Moradores.
A preocupação na preservação do meio ambiente é uma constante, através de atos concretos da Secretaria Municipal da Agricultura com relação às águas servidas a população e canalização de redes de esgoto, bem como, a distribuição de mudas de arvores nativas e exóticas, incentivando com isso, o reflorestamento, assim como, a orientação quanto ao manejo correto do solo, evitando assim a erosão e a poluição de rios e riachos. O CONDEMA – Conselho Municipal de Meio Ambiente e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Conselho Municipal, alem de parcerias com empresas locais SEARA, MABELLA, e FAI – Faculdades de Itapiranga/SC desenvolvem um amplo trabalho de conscientização a favor da vida, das águas, do ar e do meio ambiente em que se vive.
A rede de saúde do município é formado por 05 ESF - Equipes de Saúde da Família formada por pelos seguintes profissionais: enfermeiro, técnico de enfermagem, médico, odontólogo, auxiliar de consultório odontológico, auxiliar de serviços gerais e Agentes Comunitárias de Saúde, 01 Secretaria Municipal de Saúde01Laboratório Municipal de Análises Clinicas,01 Hospital. A população contemplada com o projeto tem acesso à atenção primária em saúde através do convênio municipal ESF-SUS.
Na área ambiental conforme citado anteriormente a preocupação é uma constante acerca da qualidade da água consumida e da conservação dos recursos naturais. O trabalho sócio-ambiental com maior ênfase se dá a partir das hortas familiares, acompanhado pela Secretaria da Agricultura e Secretaria de Assistência Social com orientações e visitas domiciliares este trabalho esta vinculado ao Programa Federal Bolsa Família, e como condicionalidade para seu recebimento. Assim muito se tem avançado junto aos programas de transferência de renda, e o trabalho sócio-ambiental aproximando a necessidade do usuário e qualidade de vida.